Arquivo da tag: Leituras

A Essência de J

Boa tarde pessoal! Então, que saudade de publicar por aqui! Feliz ano novo pra todos nós! Que esse 2015 que começou seja cheio de sucesso!

Estou aqui pra falar de um livro cuja existência eu descobri por acaso ao assistir uma palestra da faculdade.

Quando cheguei pra assistir eu não fazia a menor ideia sobre o que ia ser, sinceramente fui porque iria contar como hora de atividade complementar…

Acabei que eu adorei a palestra e saí dela com o livro em mãos!! Hahaha!

Agora vocês me perguntam: E sobre o que é o livro?

Não se preocupem, eu respondo:

Dois dos autores do livro ministraram a palestra e nos disseram que o livro surgiu com o objetivo de transmitir o conhecimento da química de forma diferente daquela que as escolas geralmente repassam aos alunos. Afinal, quem não se lembra bem de vários dos detalhes de Harry Potter, As Crônicas de Gelo e Fogo, Percy Jackson e os Olimpianos (por exemplo) mas não consegue lembrar nem por decreto aquela matéria chata de biologia?

O título do livro é “A Essência de J. Uma história de transformações e Química” e ele nos conta a história de três jovens concomitantemente: Cris, Angélica e João e o processo de crescimento, amadurecimento e auto-conhecimento de cada um. As transformações das personagens na história são causadas por uma série de acontecimentos que envolvem, principalmente, o Tarô e a Química. Durante a leitura, os autores nos contextualizam sobre ambos os assuntos, com quadros que interagem com o leitor de forma descontraída e de forma bem explicativa, passando o conhecimento da química para o leitor de maneira simples mas efetiva.

O início do livro é mais conturbado, apresentando Cris, no tempo presente, em intercâmbio na Suíça e logo depois dessa passagem, entendemos que ele desapareceu. A notícia do desaparecimento nos é dada por João, irmão mais novo de Cris.

Seguindo essa contextualização da história por completo, um vai e vem no presente e passado começa. Isso no começo me incomodou um pouco, mas logo eu já estava acostumada.

No decorrer do romance, Cris conhece Angélica e após alguns encontros, acabamos por ter a narração de mais uma personagem. A narrativa de Cris e Angélica é a história do crescimento deles, no passado; ao passo que a de João é no presente, altamente influenciada pela de Cris (não só pelo fato de ele ser seu irmão mais velho, mas pelo fato de o João sempre se sentir vivendo na sombra de seu irmão).

Sobre a estruturação da escrita da história, uma coisa me incomodou… Em alguns aspectos, como descrição de uma roupa usada pela Angélica em uma determinada passagem do livro, os autores foram bem criteriosos e deu pra desenhar super duper bem o modelito na minha cabeça, mas a passagem do tempo (do tempo passado, o de Cris e Angélica) não ficou muito clara pra mim durante a minha leitura. Eu estava lendo crente que estava seguindo uma linearidade de quê, uns 6-7 meses? E do NADA passou-se dois anos.. Fiquei com um pouco de cara de dafuq lendo o livro. Outra situação é que no tempo presente, com o João (eu dando um pouco de spoiler sobre os tempos), algumas emoções e cenários podem ser criados de forma bem clara e você se identifica na hora (por estar passando ou ter passado), mas laços que ele cria com seus colegas de sala não ficam claros. Um belo dia ele era um solitário no colégio e umas poucas páginas depois ele aparece com um colega mais chegado, com um princípio de amizade; amizade que, ao meu ver se materializou no ar,  achei que isso ficou um pouco forçado.

Sobre a estrutura física do livro:

As fotos do decorrer do texto estão tremidas pra evitar de dar muito spoiler (e de ser reprodução ilegal e.e)

20150103_013218

A Capa do livro é assim! Eu achei bem legal, as cores, as ilustrações e todo o significado dela que a gente começa a ver depois que lê o livro.

20150103_013527

20150103_013506

Essas duas imagens acima são dos quadros explicativos que os autores colocaram pra ensinar e contextualizar o leitor na química por trás do livro e no tarô, que tanto influenciam na história.

ProBlog

Exemplo de como os tempos estão dividos entre as personagens. Bem fora do que eu estava acostumada (“Crônicas de Gelo e Fogo” e as séries “Percy Jackson e os Olimpianos”, “As Crônicas dos Kane” e “Heróis do Olimpo”) pela falta do nome do “dono” da passagem.

As imagens a seguir contêm spoilers.
20150103_013247    20150103_013400

O livro bem no comecinho tem a apresentação do romance e bem no finalzinho tem um “cenas dos próximos capítulos”. Eu achei a apresentação do romance bem legal porque me motivou um pouco mais a ler o livro (mesmo tendo alguns spoilers), mas eu não gostei da parte final, porque acabou um pouco com a magia da espera do próximo livro e do decorrer da história. Matou a expectativa do desconhecido, sabe?

20150103_013540

Essa parte eu achei interessante. Na capa de trás do livro não tem nada. Só o título brilhando, o website da editora e o código de barras. Bem profunda, que deixa abertura pra um monte de pensamentos e indagações sobre a história. Por favor, editores, continuem assim e não façam nada com isso em próximas edições e reimpressões, se não vai acabar com uma parte muito interessante do ‘julgar o livro pela capa’ que todo mundo sempre faz.

Ah, e uma coisa que eu amei nesse livro é que as páginas são bem grossas, vc não consegue ler o que está na página de trás (ou da frente), parece que vc está passando mais de uma página (eu ficava conferindo até chegar na última página); além do que a impressão é muito boa! A tinta preta bem escura e intensa e eu gostei dos quadros das cartas do tarô e das ilustrações serem em cores diferentes de preto, deixa o livro mais legal.

O público alvo é o adolescente recém saído do ensino fundamental (oitava série/nono ano) e ingressante no ensino médio. O público alvo é esse, pois a química abordada por toda a leitura é a geralmente repassada no primeiro ano do ensino e as mudanças pelas quais as personagens passam são típicas da adolescência nessa idade e que são completamente inesperadas. Mas uma coisa boa é que não se tem idade pra ler, pois além das mudanças, o romance que acontece dentro do romance romanceception lol é bem leve e eu sei que TODO MUNDO já passou/ está passando/ vai passar pelas mesmas mudanças, dúvidas e auto-críticas que os jovens estão vivenciando pelas páginas do livro. Eu mesma me identifiquei com algumas e comecei a ver que eu ainda estou passando por algumas delas (cada um com seu tempo na vida, neah?) e acho que é uma leitura que vale à pena.

Os estopins das mudanças na forma de pensar de cada uma das personagens nos levam a pensar na nossa própria trajetória e o que nos trouxe até o momento onde estamos. Pela idade média do público alvo, a leitura é leve e fácil, mostrando de forma mais simples como as mudanças são normais e como cada um lida de forma diferente com as coisas que a vida nos traz. E também pelo fator da idade, o ensino da química passado no livro, também é de simples entendimento e um crescimento no conhecimento do leitor, seja ele estudante do segundo grau, terceiro grau, graduado, não graduado, o que for.

Apesar de a escrita precisar ser mais concisa nos detalhes de caracterização de algumas coisas (como as que eu exemplifiquei lá em cima), eu indico o livro pra qualquer um que quiser uma leitura rápida e leve.

A ideia dos autores é fazer uma trilogia com a história, abordando os principais temas ministrados nos três anos do ensino médio, e eu espero menos spoilers sobre a história seguinte, realmente fiquei chateada com a notícia de que o J. ia ganhar a feira de ciências, e quero saber mais sobre o decorrer das histórias de Angélica e Cris até o tempo presente (em que Cris está desaparecido na Europa).

Autores:

  • Rochel Montero Lago
  • Juliana Tristão
  • Daltamir Maia

Alguém já leu? Gostou?

Quem ler não esquece de voltar aqui e comentar, hein?

Beijos,

Carol 😉

Anúncios